Conselho Nacional de Educação
Emilia Brederode Santos

A Assembleia da República elegeu hoje Maria Emília Brederode Santos como presidente do Conselho Nacional de Educação por maioria absoluta dos deputados em efetividade de funções.

Maria Emília Brederode Santos cumpriu diversos mandatos enquanto membro do Conselho Nacional de Educação, tendo coordenado uma das suas Comissões Especializadas Permanentes. Foi presidente do Instituto de Inovação Educacional do Ministério da Educação de 1997 a 2002 e representante do Ministério da Educação na Comissão Nacional para a Educação em matéria de Direitos Humanos (Comissão Nacional para a Celebração do 50º Aniversário da Declaração Universal dos Direitos do Homem e da Década das Nações Unidas para a Educação dos Direitos Humanos) de 1998 a 2004.

Foi diretora pedagógica do programa televisivo e da revista Rua Sésamo (1987 a 1997) e autora do livro Aprender com a TV. Foi presidente da Associação Portuguesa de Intervenção Artística e de Educação pela Arte (2006 a 2008) e da Comissão de Avaliação da Escola Superior de Educação pela Arte (1981-1982) e do Grupo Interministerial para o Ensino Artístico (1996). Autora dos livros Avaliação da Escola Superior de Educação pela Arte, IIE/ME, 1994 e Os Aprendizes de Pigmaleão, Lisboa IED,1985 e 1991 – sobre formação de professores. 

Colaborou na criação do blog Inquietações Pedagógicas e na coordenação da página semanal com o mesmo nome no jornal A Capital e Jornal de Letras. Co-dirigiu durante dez anos uma página sobre Educação no DN.

É mestre em Análise Social da Educação pela Boston University, E.U.A, e licenciada em Ciências da Educação pelo Institut de Psychologie et des Sciences de l’Education da Universidade de Genebra onde também lecionou. 
X
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais
Para ver este site precisa de utilizar o Internet Explorer 8 (ou superior)
ou outro browser de internet.


Obrigado.